0 produtos   –   0,00 €

Carrinho de Compras ×

Não existem produtos no carrinho


Os melhores alimentos para o cérebro

Escrito em 11 de Mar. de 2015


Sabia que o que comemos tem influência na forma como pensamos e na nossa capacidade de raciocínio?

Para além das publicações que a PUZ ® oferece, que ajudam e melhoram a capacidade cerebral, existem também alimentos que podem ajudar nesse sentido!

Um cérebro saudável, depende do ambiente que o rodeia, do exercício cerebral e do combustível que o alimenta, por isso, confirme quais são os melhores alimentos para o seu cérebro:

 

  • Nozes - Segundo um estudo espanhol, quem come nozes todos os dias melhora a sua memória em 19%. Os polifenóis presentes nas nozes melhoram a comunicação com os neurónios;
  • Café - Um estudo britânico, descobriu que o consumo entre 20 a 30 mg de cafeína melhora a capacidade intelectulal;
  • Peixe - Está cheio de Ómega-3! Um estudo recente indica que as pessoas com níveis baixos de ácidos gordos nas células sanguíneas têm cérebros mais pequenos quando comparadas com indivíduos com níveis mais altos;
  • Espinafre - Esta verdura é rica em magnésio e ajuda a dilatar os vasos sanguíneos, aumentando assim o fluxo sanguíneo no corpo;
  • Azeite - Os ácidos gordos e polifenóis (um fenol com vários hidroxilos), conforme já foi anteriormente dito, ajudam a reduzir a inflamação nas articulações também nas células;
  • Linhaça (sementes) - Apesar de serem pequenas, são uma grande fonte de proteína e fibra. Ao adicioná-las na alimentação, como em iogurtes ou cereais, dão um grande impulso ao cérebro;
  • Mexilhões - Os mexilhões são um dos alimentos que possuem dos níveis mais altos de Vitamina B12, o que ajuda a isolar as células cerebrais;
  • Chocolate Negro - Não sendo necessário comer uma tablete inteira, saiba que umas gramas de cacau ajuda na concentração, aumentando o fluxo sanguíneo no cérebro;
  • Iogurte Grego - É um alimento muito rico em cálcio. A falta de cálcio pode provocar estados de ansieadade, raciocínio lento ou irritabilidade;
  • Espargos - Está mais que provado que as pessoas com depressão têm níveis baixos de folato (que pertence à família da Vitamina B) e os espargos são ricos neste nutriente;
  • Menta - Os investigadores associam o aroma da Menta a um aumento do estado de alerta e do funcionamento da memória, muito em conta às suas propriedades estimulantes;
  • Laranjas - Rica em Vitamina C, os investigadores descobriram que as células da retina, muitas das quais são as mesmas que se encontram no cérebro, poderiam ser destruídas devido à falta da Vitamina C.

Para além destas dicas, aconselhamos ao exercício cerebral com as publicações da PUZ ®, o único vício 100% saudável, a um bom descanso, não passar muitas horas sem se alimentar e a um consumo moderado de bebidas alcóolicas.

Com todas estas sugestões, pode melhorar o desempenho do cérebro (para além da saúde)!



×